Cluster LED: qual o ideal para o seu tratamento?

cluster led

 

 

Você também pode ouvir este post!

 

 

A fotobiomodulação é uma tecnologia baseada na exposição da pele à luz em diferentes tamanhos de ondas, visto que o corpo tem reações específicas de acordo com a cor da exposição. E é aí que entra o cluster LED: cada comprimento de onda tem uma cor, e cada cor tem uma indicação na estética.

 

Neste post, falaremos sobre como escolher o cluster LED ideal para o seu tratamento estético, sempre de acordo com o resultado buscado.

 

Vamos lá? Continue a leitura e entenda!

 

Como a fotobiomodulação funciona?

A fotobiomodulação é, basicamente, a interação entre a irradiação de luz emitida pelo aparelho e os tecidos biológicos que a recebem. Isso ocorre devido aos fótons, partículas que compõem a luz e que interagem com as camadas da epiderme e derme.

 

Este procedimento tem se tornado cada vez mais popular, sendo uma excelente opção nos tratamentos estéticos e fisioterapêuticos, pois atua na redução das inflamações e no tratamento de acnes, alergias, psoríase, clareamento de manchas, rejuvenescimento, entre outros.

 

Para que os tratamentos com a fotobiomodulação sejam direcionados, existem os clusters de LED, que funcionam cada um com uma cor específica, diretamente ligada ao comprimento da onda emitida. E cada onda destas atinge um objetivo do tratamento.

 

O Cluster LED (na fotobiomodulação)

O LED (Light Emitting Diode – Diodo Emissor de Luz) é uma tecnologia simples, de baixo custo e excelente durabilidade. A funcionalidade do equipamento ocorre por meio de cristais semicondutores que emitem as ondas de luz, penetrando nos tecidos biológicos e promovendo uma reação fotoquímica.

 

Sua principais características são:

 

  • Segurança - não causa danos ao tecido;
  • Efeito atérmico - não gera calor excessivo;
  • Indolor e;
  • Ausência de efeitos colaterais.

 

Quais as cores de LED mais usadas nos tratamentos estéticos?

As cores de LED mais utilizadas são vermelho, âmbar, azul, violeta e infravermelho. E os comprimentos de ondas podem variar entre 380 nm (nanômetros) a 1200 nm.

 

Qual cor e comprimento de onda ideais para cada tratamento?

Como dissemos, cada comprimento de onda é utilizado para um objetivo específico. E como ressaltamos anteriormente, a cor da luz está diretamente relacionada ao comprimento da onda.

 

Sendo assim, aqui vão algumas especificações para te auxiliar na hora de escolher a melhor cor para os seus procedimentos:

 

Cluster LED verde (525 nm a 570 nm)

É utilizado para tratamentos no intuito de atingir a derme papilar (primeira camada da derme). O cluster de led verde promove hidratação da pele, auxiliando nos tratamentos de:

 

  • Estrias;
  • Pele desidratada;
  • Manchas;
  • Olheiras;
  • Edemas e;
  • Acne rosácea.

 

Cluster LED azul (400 nm a 470 nm)

O LED azul promove a hidratação da pele e dos fios e potencializa os resultados dos ativos. Além disso, possui efeito clareador e despigmentante, promove a sebo-regulação e é perfeito para a derme reticular (segunda camada da pele).

 

Os tratamentos feitos com esta cor são:

 

  • Manchas superficiais;
  • Superfície capilar;
  • Lesões benignas, pré-malignas e malignas superficiais e; 
  • Acne.

 

Cluster LED âmbar (570 nm a 590 nm)

O LED âmbar é calmante e indicado para peles sensíveis ou com rosáceas. Suas principais ações são de melhora na circulação sanguínea e linfática, de diminuição de edemas, e estímulo da hidratação e do colágeno. Por isso, suas principais indicações são:

 

  • Flacidez;
  • Estrias;
  • Pele desidratada;
  • Manchas;
  • Olheiras;
  • Estímulo de colágeno;
  • Edemas;
  • Acne e;
  • Rosácea.

 

Cluster LED vermelho (630 nm a 700 nm)

Este LED aumenta a permeação de ativos e a tonificação da pele — aumentando a produção de colágeno. Trata as camadas mais profundas da pele (hipoderme e derme reticular). As principais indicações do cluster de LED vermelho são:

 

  • Rejuvenescimento;
  • Alergias;
  • Psoríase;
  • Manchas profundas;
  • Ações anti-inflamatórias, vasodilatador, cicatrizante;
  • Olheiras;
  • Queloide e;
  • Podologia.

 

Cluster LED infravermelho (850nm a 1200nm)

Este LED tem a capacidade de agir desde a derme profunda até a camada muscular, promovendo ação anti-inflamatória. Além disso, o LED infravermelho também melhora a permeação de ativos dos dermocosméticos. Suas principais ações são:

 

  • Imunoproteção;
  • Cicatrização profunda;
  • Analgesia;
  • Rejuvenescimento e; 
  • Permeação de dermocosmético.

 

Como escolher o cluster ideal?

Você deve ter notado que alguns tratamentos podem ser feitos com mais de um cluster. Por exemplo, o tratamento de estrias pode ser feito com o cluster verde e com o âmbar. Então, como escolher? 

 

A melhor dica é: observe sempre a camada que ele vai atingir e a profundidade da desordem estética do seu cliente. Neste exemplo, se é uma estria nova, mais superficial, use o cluster de LED verde. Já se for uma cicatriz mais enraizada, prefira o cluster de LED âmbar. 


-


E aí, descobriu o cluster ideal para o seu tratamento? Gostou das informações que trouxemos? Pois saiba que estamos sempre produzindo este tipo de conteúdo — focado em tirar todas as suas dúvidas sobre estética.

 

Caso tenha gostado e queira continuar recebendo nossos textos, é só seguir a rentalmed no Instagram!

 

E tem mais: em nossa loja online nós temos todos esses clusters disponíveis. Com poucos cliques, você pode ter todos eles e entregar tratamentos de altíssimo nível em sua clínica. Confira aqui!

Pague com
  • Pagali
  • Pix
Selos
  • Site Seguro

RENTALMED COMÉRCIO IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO EIRELI - CNPJ: 34.001.006/0001-03 © Todos os direitos reservados. 2022

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade